A FEIRA MAIS DOCE

Organizada anualmente pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Pelotas, a Fenadoce conta a trajetória histórica e cultural dos doces pelotenses. Através de referências às principais etnias que formaram a tradição regional, a feira valoriza o “saber” e “fazer” das doceiras. Criada em 1986, a Fenadoce tornou-se anual a partir de 1988 e é realizada no Centro de Eventos Fenadoce no formato de uma grande multifeira com a realização da Câmara de Dirigentes Lojistas de Pelotas.

O protagonista do evento são os doces certificados, encontrados na Cidade do Doce. Há também uma grande estrutura para a área de serviços, que recebe expositores de todo o Estado e conta com mais de 2.000 lugares na Praça de Alimentação e 5.000 vagas de estacionamento.

O evento ocorre entre maio e junho, conforme o calendário definido previamente, e desde as primeiras edições contou com uma corte de representantes. No concurso de 2020 houve uma renovação no modelo e agora a Fenadoce passa a ser representada por baronesas, que ajudam a recriar a história da cidade.

Em cada edição a feira recebe excursões de todo o país e também de países vizinhos, como Argentina e Uruguai. Desta forma, movimenta o turismo na região sul e estimula os roteiros gastronômicos.

Em 2019 o então governador do Estado, Eduardo Leite, assinou a lei que declarou a Fenadoce como patrimônio estadual, visto a sua importância para todo o Rio Grande do Sul. A feira conta com uma temática diferente a cada ano, valorizando a sua história e da cidade de Pelotas, além de promover ações como a Gincana Cultural, que se integra aos colégios da região, e a Fenadoce Cultural, com oportunidades aos artistas locais.

Durante a sua programação a Fenadoce recebe shows musicais, seminários, palestras, intervenções culturais, entre outras atrações que estimulam o conhecimento, turismo e negócios. A feira também foi importante para o reconhecimento de Pelotas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio material e imaterial do Brasil, em 2018.

  

Números Fenadoce 2019

  • 246 mil visitantes
  • 1,3 milhão de doces vendidos
  • 900 excursões
  • 45 mil alunos visitantes
  • Doces mais vendidos em 2019: Quindim, Bombom de Morango e Bem-Casado
  • Mais de 2 mil pessoas no Ciclo de Negócios;
  • R$ 730.000,00 em vendas na Feira da Agricultura Familiar;
  • 800 apresentações na Fenadoce Cultural;
  • 9.000 artistas.

História

Doces certificados